sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

I Concurso de Escrita Literária 2018 - (E.E PROFª INAH DE MELO)



No último dia 29 de novembro, a E.E. Profa. Inah de Mello realizou, em conjunto com o Núcleo de Escritores do Grande ABC, o I Concurso de Escrita Literária 2018.
Idealizado pelo núcleo, o evento ocorreu no Teatro Municipal de Santo André e, por parte da unidade escolar e da Diretoria de Ensino, reforçou o protagonismo dos alunos na atividade educativa.
Foi um sucesso!
Para entender um feito desta proporção, vamos voltar um pouquinho no tempo.
 O incentivo à leitura como uma prática social sempre foi uma preocupação de seus educadores e gestores.
A dificuldade de um jovem em interpretar e expressar-se melhor vem de uma cultura de pouco ou nenhum hábito de leitura.
O livro em nosso país é encarado hoje como um artigo de luxo: caro e acessível só para quem já está na faixa de poder aquisitivo médio a alto, ou seja, é pouco utilizado pelas classes menos favorecidas.
Neste contexto, livros recebidos do governo ou mesmo os da Sala de Leitura não eram tão rotativos como de objetivo primeiro da escola entre os alunos. A circulação das grandes obras presentes na escola ainda era muito restrita a trabalhos pontuais em sala de aula.
A constatação exigia uma providência, e foi assim que nasceu, em 2013, a FEIRA DE TROCA DE LIVROS da E.E. Profa. Inah de Mello, evento que é realizado anualmente desde então.
Na primeira edição, foram convidados escritores e colaboradores do mundo dos livros para participarem do evento, que ocorreu dentro da unidade escolar.
Já então tivemos a presença do professor e escritor Sérgio Simka. Em suas considerações sobre a feira, eles nos comunicou que sua esposa, também escritora, gostaria de aplicar uma atividade de leitura e escrita em uma escola com o nosso perfil.
Esta iniciativa foi amadurecendo conforme outras feiras eram realizadas, contando a cada ano com mais escritores.
A partir do evento foi idealizado o CONCURSO DE ESCRITA LITERÁRIA, contando com os esforços do Núcleo de Escritores do Grande ABC, organismo independente cujos fundadores são o casal Simka.
Além disso, para a primeira colaboração desta ação, a LIVRARIA E SEBO PACOBELLO de Santo André embarcou na onda e doou ao Núcleo vários títulos de obras clássicas e modernas para a premiação dos alunos com os melhores textos.
O desafio era a partir deste momento estruturar e desenvolver as etapas do Concurso sem que interferissem na rotina de aula dos alunos.
Desta forma, os professores de Língua Portuguesa se encarregaram de dividir suas aulas com três oficinas de escrita promovidas e aplicadas pelos escritores do Núcleo.
As aulas foram pensadas de acordo com a proposta do currículo oficial da rede. Para as inscrições foram convidados os alunos do EF e EM que gostavam de ler e de escrever.
Os que se interessaram foram, então, convidados para as atividades das oficinas, que tinham como objetivo leituras de contos clássicos e incentivo à criatividade de produção de textos neste gênero literário.
Em cada etapa, o aluno teve orientações e aulas de correção e produção textual.
O produto final era a escrita de um conto em tema a ser escolhido pelo autor.
Todas as oficinas foram desenvolvidas na BIBLIOTECA MUNICIPAL CECÍLIA MEIRELES, parceira em atividades culturais, no prédio vizinho ao da escola, também com o intuito de variar os espaços de aprendizagem ao aluno.
Ao final das atividades, foram entregues 100 contos de alunos dos dois segmentos, EF e EM.
Os textos foram lidos e avaliados pelo grupo de escritores do Núcleo.
O fechamento seria coroado com a premiação dos livros doados pelo sebo aos vencedores do concurso.
Para equilibrar o nível de textos conforme a idade/série, foram decididos os 1º, 2º e 3º lugares para os três melhores textos do EF e outros quatro para os do EM, com empate técnico para o 3o lugar.
O próximo passo era organizar a festa de premiação.
Concomitante a todas estas etapas, em outro evento da escola – o SARAU CULTURAL DO INAH –, houve uma apresentação musical de alunos com instrumentos comuns da música clássica.
Foi oportuno: parte dos alunos artistas era de músicos em início de formação pelo projeto LOCOMOTIVA, e alguns deles eram também participantes do concurso literário.
Então por que não reunir as duas artes?
Mais um desafio se lançava: casar agendas entre escritores, premiadores, escola, biblioteca e orquestra.
A princípio foi pensada a premiação no palco da escola, com a orquestra da LOCOMOTIVA tocando na abertura do evento.
Mas uma nova ideia surgiu a partir das reuniões entre os organizadores: por que não realizar a premiação com a orquestra tocando na abertura no TEATRO MUNICIPAL DE SANTO ANDRÉ?
Seria uma forma de todos os segmentos sociais envolvidos nas ações de incentivo à leitura e à escrita literária reforçarem o protagonismo do aluno.
E o Teatro foi concedido pela prefeitura.
O espetáculo estava garantido.
Sete alunos foram premiados pelos melhores contos.
Outros tocaram junto com a Locomotiva músicas clássicas, rock’n roll e trilhas sonoras.
Uma das músicas foi regida por um participante da orquestra que é também aluno do Inah de Mello.
Outro aluno declamou um poema.
Os estudantes e familiares puderam estar certos de que foram notados, valorizados.
...e a escola, apesar de toda sua adversidade, persiste em criar oportunidades, estimular, potencializar e despertar competências e habilidades natas, mas ainda não lapidadas em cada pérola que tem.
         Vale cada esforço em tornar tudo isso possível






 































CORAL DE NATAL - E.E PROFESSORA MIQUELINA PEDROSO MAGNANI


LÍNGUA PORTUGUESA
CORAL DE NATAL



I – IDENTIFICAÇÃO
Instituição: Escola Estadual Professora Miquelina Pedroso Magnani
Professora: Elisangela Ticianelli (Língua Portuguesa)
Público Alvo: Ensino Fundamental II Ano Letivo: 2018

JUSTIFICATIVA

         A música faz parte das linguagens artísticas, sendo esta uma das mais antigas manifestações da humanidade. E na educação tornou-se fundamental expressar pela arte, assim, o PCN diz que o aluno deve conhecer e valorizar a pluralidade da música sendo essa fonte riquíssima por ser mobilizadora.
Esse espaço dado a arte musical se dá desde a Antiguidade grega e romana que utilizava o canto como um processo efetivo de musicalização e formação do indivíduo.
Contudo, este projeto surgiu com o advento de natal e a importância dessa arte na humanização social e aprendizagem do educando.
 Esse tema natal, bem como a época natalina, pode ser atrativo para as crianças para desenvolver habilidades, ajudando assim, na aquisição e construção de conhecimentos das tradições de Natal pelos alunos de forma participativa, descontraída, buscando integrar a perspectiva de diversas áreas envolvendo aspectos históricos, sociais e culturais.

OBJETIVOS

   - Desenvolvimento do senso artístico, criativo e social;
   - Desenvolvimento integrado do aluno;
   - Auxílio ao aluno em seus múltiplos aspectos de formação, quer sejam sob o ponto de vista pedagógico, psicológico, sociológico e cultural;
   - Observar aspectos que envolvem as tradições de comemorar o natal pelo mundo, inclusive dos países não Cristãos;
  -  Ouvir músicas, assistir a vídeos que tratem do tema.
  - Realizar atividades diversificadas que envolvam todas as áreas do conhecimento;
  - Que a criança saiba que o natal representa o amor de Jesus, e a importância de suas mensagens para melhorar o mundo em que vivemos;
  - Participar de momentos de união que os socializem e os marquem para sempre positivamente;
  - Incentivar a criança e o jovem vivenciar o amor e o respeito pelas pessoas; valorizando a convivência familiar, a vivência do amor entre as pessoas.

RECURSOS

-  Sala de vídeo;
-  Data- show;
-  Instrumentos musicais;
-  Material didático e paradidático;
- Pesquisa (livros, coletâneas, discos, CDs) de outras canções;
 Leitura e escrita das canções, obedecendo a estrutura da língua
- Vídeos e músicas que abordam o tema natalino.

CRONOGRAMA

. Apresentação do coral no dia 03 de dezembro de 2018.

DISCIPLINAS ENVOLVIDAS

. Português;
. Produção de texto e leitura;
. História;
. Artes.

  
AVALIAÇÃO

. Apresentação do coral e o desenvolvimento do trabalho que será contínua.
   



1-Músicas: Mix : Quero Ver (Canções de Natal)  e Have You Ever Seen The Rain?(Creedence Clearwater Revival)


Quero ver,
Você não chorar,
Não olhar pra trás,
Nem se arrepender, do que faz,
Quero ver o amor vencer,
Mas se a dor nascer
Você resistir e sorrir...
Se você pode ser assim,
Tão enorme assim, eu vou crer...

 I wanna know, have you ever seen the rain?
I wanna know, have you ever seen the rain
Comin' down on a sunny day

 pra você.

2- Música Mix: Bate o Sino(Natal) e Pride (In The Name Of Love)
U2
 
Bate o sino pequenino
Sino de Belém
Já nasceu o Deus menino
Para o nosso bem

Hoje a noite é bela
Juntos eu e ela
Vamos à capela
Felizes a rezar

In the name of love
What more in the name of love?

Bate o sino pequenino
Sino de Belém
Já nasceu o Deus menino
Para o nosso bem.

3- Música mix: Amazing Grace(Gospel) e Hallelujah (tradução)(Leonard Cohen)

Amazing grace, oh how sweet the sound
That saved a wretch like me
I once was lost, but now I'm found
Was blind, but now I see.


 Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia



Was blind, but now I see.


4- Música mix: Silent Night (versão em inglês e português de Noite Feliz) ( Natal) e Aleluia (Jotta A)


SilentNight ! Silent Night!
Oh Lord, God of love.

Pobrezinho nasceu em Belém
Eis na Lapa Jesus nosso bem
Dorme em paz, oh, Jesus.
Dorme em paz, oh, Jesus.


 Pai, eu quero te amar, tocar o teu coração.
E me derramar aos teus pés
Mais perto eu quero estar, Senhor.
E te adorar com tudo que eu sou
E te render glória e aleluia.

5- Música mix: Vem Chegando o Natal (Aline Barros) e We Wish You A Merry Christmas adptação(Enya)


Vem que está chegando o natal
Vem que está chegando o natal
Pois nasceu Jesus, o salvador.

We wish you a Merry Christmas
We wish you a Merry Christmas
We wish you a Merry Christmas
And a happy New Year.

Desejo um Feliz Natal

Desejo um Feliz Natal

Desejo um Feliz Natal

E um feliz Ano Novo também!