terça-feira, 21 de março de 2017

EE Profª Nadir Lessa participa do projeto "Escolas Plugadas" da Fundação Lemann

Da esquerda para a direita, a Coordenadora da escola, Sueli, a
coordenadora do projeto, Gigia, a professora de Língua Portu -
guesa, Cíntia, a diretora da escola, Simone, e a PCNP de Lín-
gua Portuguesa, Rosangela.

O projeto "Escolas Plugadas" está em sua terceira edição. A Fundação Lemann, por meio de seus parceiros, oferece ferramentas digitais de ponta para auxiliar no processo de aprendizagem dos alunos. Neste ano, a EE Profª Nadir Lessa Tognini abraçou o projeto, e já está colhendo frutos da parceria com a empresa proprietária do software Guten (www.gutennews.com.br). No dia 21, os PCNP Rosangela, de Língua Portuguesa, e Marcelo, de Tecnologia Educacional, estiveram na escola durante a visita de uma das coordenadoras do projeto, a Sra. Gigia. Pudemos verificar a excelente aderência de professores e alunos ao projeto. O Guten auxilia os alunos na leitura de textos dos mais diversos gêneros, com graus de complexidade variados. As atividades são padronizadas, iniciando com duas etapas de pré-leitura, em que os alunos são convidados a pesquisarem sobre o tema do texto central. Em alguns casos, a etapa de pré-leitura incentiva os alunos a produzirem um texto sobre o tema, que pode ser inclusive do gênero argumentativo; tudo como resultado de uma pesquisa prévia orientada na atividade. A estratégia da escola no uso do laboratório de informática foi o de contar com o apoio da professora da Sala de Leitura que ficou com parte da sala trabalhando a leitura de textos, enquanto a outra parte realizava as atividades do projeto. A avaliação de ambos os PCNP é que a escola está no caminho certo, com uma gestão inovadora, com professores engajados e com alunos bem orientados. Parabéns a todos!

sexta-feira, 17 de março de 2017

O.T. para a Escola da Família da D.E. de Santo André: Webfólios Pedagógicos

As atividades do programa Escola da Família incluem oficinas, cursos e projetos que requerem a elaboração sistematizada de registros, tanto da parte dos gestores do programa, bem como da parte de professores, estagiários e, sem dúvida, da comunidade participante. Oferecer estratégias de elaboração de portfólios digitais foi o que motivou a PCNP da Escola da Família, Solange Bailão, em propor uma formação dos gestores para multiplicarem técnicas de elaboração desse tipo de portfólio - os chamados "webfólios". Reunimos, então, no dia 17/03/2017, os vice-diretores da Escola da Família para um orientação sobre a criação de webfólios. Os objetivos da orientação eram os de capacitar e fomentar a utilização de Portfólios Digitais (Webfólios), como meio de promover a autoavaliação dos alunos, estagiários, professores e vice-diretores, bem como promover a metacognição nos processos de ensino e aprendizagem dos projetos desse programa. Como resultado da ação, os participantes compreenderam a importância da elaboração de portfólios de aprendizagem, funcionando como um importante meio de avaliação e autoavaliação. Entenderam como é feita a transposição de portfólios criados em meios físicos para o virtual. Os vice-diretores vão levar as informações para os estagiários da Escola da Família. O PCNP de tecnologia, Marcelo Massari, auxiliará os trabalhos, por meio de plantão de dúvidas.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

CGEB disponibiliza orientações para o Planejamento e Acolhimento de alunos e professores em 2017

Confira as orientações da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica – CGEB, e inicie esse importante trabalho que dará origem aos Planos de Ação das Escolas.
Para visualizar  a página original deste material, vá para o link 


Planejamento 
O término do ano letivo é o momento propício para analisar as ações realizadas e projetar novas ações para o próximo ano. Veja as orientações da Coordenadoria de Gestão da Educação Básica – CGEB, e inicie esse importante trabalho que dará origem aos Planos de Ação da Diretoria de Ensino e das Escolas.

Acolhimento
No âmbito escolar, o Acolhimento é uma ação pedagógica, que favorece a integração de estudantes por meio do grêmio estudantil, de professores, gestores, pais e funcionários. As ações de acolhimento podem ser realizadas no início do ano letivo ou sempre que houver ingresso de novos estudantes e professores, e vem sendo recomendado para todas as escolas da rede estadual pela Coordenadoria de Gestão da Educação Básica, da Secretaria do Estado da Educação de São Paulo – SEE, desde 2012, como forma de recepção.

DOWNLOADS DOS MATERIAIS:

PLANEJAMENTO:

ACOLHIMENTO
  • VídeosOs vídeos que compõem este item apresentam sugestões para realização da ação pedagógica do Acolhimento.
Professores» assista
















segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Semana de Boas Práticas proporciona momentos únicos de valorização do professor e troca de experiências

Professora Fernanda Depizzol demonstra seu trabalho de
elaboração de jogos de Física em PowerPoint
(Clique para ampliar)
A "I Semana de Boas Práticas da DER de Santo André" aconteceu na semana de 12 a 16 de dezembro. O evento foi realizado na Diretoria de Ensino e teve como objetivos principais a disseminação de práticas inovadoras e a valorização do trabalho do professor. A semana foi bastante movimentada, contando com a apresentação de dezenove trabalhos que contemplaram as áreas de Ciências Exatas, Matemática, Tecnologia Educacional, Linguagens e Ciências Humanas, em todos os segmentos (vide quadro abaixo). As apresentações se deram por meio de exposições orais, oficinas, exibições de filmes, fotografias e trabalhos manuais dos alunos, com duração mínima de uma hora cada apresentação. Os focos principais foram os de revelar a metodologia utilizada no trabalho do professor, estabelecer seu referencial teórico, demonstrar os resultados obtidos e provocar um questionamento entre os presentes a respeito da validade do método, estabelecendo conexões com as vivências de cada um. Esse momento de interação entre os presentes promoveu uma importante troca de experiências, o que enriqueceu ainda mais as exposições. Estamos certos de que faremos a segunda edição do evento em 2017, dado o entusiasmo dos participantes e o grau de satisfação ao final de cada dia de apresentações. 

Veja abaixo o quadro das exposições, com o nome do professor e o título da boa prática:

Data
Professor Expositor
Nome da Boa Prática
CIÊNCIAS EXATAS
12/12/2016
Claudio Menezes
Física Moderna e o CERN - Como apresentar aos alunos o maior Laboratório de Física do Mundo e suas práticas.
12/12/2016
Cíntia Mascarenhas Ferreira Marques
Química em sala de aula: compartilhando saberes (Ampliando o conhecimento dos alunos sobre o início dos estudos de radioatividade)
12/12/2016
Felipe Domingues Miranda
Oficina de Construção de Softwares Educacionais para Android
MATEMÁTICA
13/12/2016
Rosimar Joris de Paulo e Sandra Cristina da Matta Papst
Lendo por outro ângulo - Matemática aplicada no cotidiano
13/12/2016
Adriana Galante Faga
Mercado "Nadir Lextra" - Introduzindo regras de sinais
13/12/2016
Serguei Othon Ucci
Sempre+ (Ensino Híbrido com o Khan Academy)
TECNOLOGIA
14/12/2016
Professores Paulo Sergio Moreira (EE Dr. Celso Gama), Felipe Domingues (Ee Profª Carlina Caçapava de Mello e Everton Tozeti de Godoi (EE Dr Manoel Grandini Casquel)
Exposição de Softwares Educacionais produzidos pelos alunos para a "II Mostra de Tecnologia Educacional da DER de Santo André" - Desafio "App Inventor"
14/12/2016
Everton Tozeti de Godoi
Projeto de entralaçamento de áreas por meio de jogos digitais feitos em Scratch
LINGUAGENS
15/12/2016
Fernanda Depizzol Paes Ferreira
Criação de jogos com o PowerPoint
15/12/2016
Eliana Farias Gomes
Trabalhando Bullying e entrelaçando com Língua Portuguesa
15/12/2016
Keila Mércia Rodrigues Maldonado
Projeto de leitura com sala de RCI
15/12/2016
Andréa C Alevi Lopes / Flavia Andrade Fernandes
Projeto Profissões (aprendendo a argumentar e refletir tendo como foco a rotina das profissões)
15/12/2016
Rodrigo de Alencar
Estações de Movimento (o tempo e espaço de lazer na escola como tempo e espaço de aprender).
16/12/2016
Alessandra Soto
Desenvolvimento de habilidades na participação em projetos educativos e culturais (Projeto "Era uma vez Brasil".
CIÊNCIAS HUMANAS
16/12/2016
Valeria Penha Ferreira
Brasil, Pé de Cultura (aprendendo sobre o Brasil por meio de sua cultura regional)
16/12/2016
Fernanda Depizzol Paes Ferreira
Criação de jogos com  PowerPoint para todas as áreas do conhecimento
16/12/2016
Luciana Aparecida  Azevedo Conceição
Dia do Historiador (Teatro de fatos históricos)
16/12/2016
Rosa Marcia Feliciano
Divisão do trabalho (Entendendo a lógica capitalista por meio da montagem de uma linha de produção de doces)
16/12/2016
Gustavo Oliveira da Silva
Desenvolvendo uma visão crítica da ciência por meio da Filosofia

Dentro da semana, também aconteceu a "II Mostra de Tecnologia Educacional da DER de Santo André". Neste ano o desafio proposto era o de que os alunos construíssem, com a ajuda de um professor orientador, Softwares Educacionais para o sistema Android, por meio da plataforma do "App Inventor" (http://appinventor.mit.edu). Quatro equipes chegaram ao final, sendo uma equipe do Ensino Médio, e três equipes dos Anos Finais do Ensino Fundamental. O site da Mostra com todos os detalhes pode ser visto em http://destanpe.wixsite.com/mostratec2016.

O quadro das equipes participantes, com os nomes dos Apps e as respectivas colocações, pode ser visto a seguir:
Nome do Aplicativo
Disciplina
Alunos
Professor Orientador
Escola
Colocação na Competição
App "DNAdventure"
Biologia
André Mateus Pereira da Silva
Felipe Domingues
EE Profª Carlina Caçapava de Mello
Equipe Vencedora do Ensino Médio
Gabriel Cardoso Fava
Otávio Augusto Furlan dos Santos
App "A Lenda do Aluno"
Matemática
Nicolas Pietro Terassan
Paulo Sergio Moreira
EE Dr. Celso Gama
Equipe Vencedora dos Anos Finais
Gabriel Ferreira Silva
Mariana Ribeiro  da Silva
App "Era uma vez"
Matemática
Carolina  Yuka
Paulo Sergio Moreira
EE Dr. Celso Gama
2 º lugar - Anos Finais
Ana Jessica Soares da Silva
Emily Rosa do Nascimento 
App "Forgot Password in Middle of War"
História
Kauê Ramos Camargo de Souza
Everton Tozeti de Godoi
EE Dr. Manoel Grandini Casquel
3º lugar - Anos Finais
Lincoln Ranks Rezende de Sousa
Yago Lima Giorgi 


Os jurados presentes avaliaram por meio de critérios preestabelecidos a apresentação das equipes e o teste do aplicativo criado por eles. Os prêmios foram óculos de realidade virtual, um para cada aluno da equipe vencedora e um para o professor orientador, além de medalhas. Os membros das demais as equipes, inclusive o professor, receberam cartões de memória como brindes. Todos receberam certificados de Honra ao Mérito pela brilhante participação no evento.

Os aplicativos produzidos pelos alunos podem ser baixados e instalados clicando aqui.

Para instalar os aplicativos em aparelhos Android, descarregue o aplicativo (.Apk) no aparelho, mas antes habilite o item "Fontes Desconhecidas" nas configurações de "Segurança". Outra forma de executar os aplicativos é instalar o emulador de Android (Memu) no computador. O site para baixar o emulador Memu é o http://www.memuplay.com

Veja mais fotos do evento (Clique para ampliar):

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

I Seminário “Disseminando Boas Práticas” - Grêmio Estudantil 2016

Profª Solange P. Bailão, Coordenadora da Escola da Família em Santo André,
com alunos do grêmio (Clique para ampliar)
É com muito orgulho que a Diretoria de Ensino de Santo André registra nos autos das conquistas e realizações esse evento que, no último dia dois de dezembro, no auditório da Universidade Anhanguera, contou com a participação de mais de 300 pessoas entre Dirigente, Supervisores, PCNPs, Diretores, Vice Diretores, Professores, pais e alunos que numa atitude inovadora e desafiadora deram a voz e confiaram em nossos alunos do Ensino Fundamental I e II e Ensino Médio.

Relatos e vídeo filmagens enriqueceram a troca de experiências e o sucesso com ações de protagonismo juvenil onde a sensibilidade e a inteligência desse corpo discente exibiram ações sociais na cidade em prol aos mais carentes.

A palavra esperança foi muito bem exaltada quando nos deparamos com crianças e jovens pensando no próximo, criando e agindo com amor e pureza.

Podemos crer que temos um futuro!

Segue abaixo como foi  a programação dos relatos

Escolas                                                         Temas dos Relatos
EE Dr. Carlos Garcia
Frações, das Ações do Grêmio
EE Luiz Martins
Projeto Social – Campanha do Agasalho e Higiene com Arte
EE Prof. Beneraldo Toledo PIza
Ação Social – Diferenças Sociais e Inclusão de Deficientes
EE Amaral Wagner
Revitalização -Pintura da Quadra Esportiva
EE Prof. Nelson Pizzotti Mendes
Campanha de Prevenção a Doenças Transmissíveis
EE Sérgio Milliet da Costa e Silva
Grafitte e a interação com ambiente escolar
EE Prof. Ovídio Pires de Campos
Boa Ação Constrói a Nação
EE Prof. Rubens Moreira da Rocha
Inovando na Escola
EE Joaquim Lúcio Cardoso Filho
Jogos Inter Classe – Masculino e Feminino

Ficha Técnica
Grêmios atuantes no ano de 2016
Anos Iniciais: 25
Fundamental e Médio: 57
Escola com Clube Juvenil ( PEI ): 02
Escolas sem Grêmio: 03
Total: 87

Solange Pascoal Bailão
PCNP-Programas e Projetos da Pasta

Veja mais fotos do evento (Clique para ampliar):

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

I Semana de Boas Práticas da DER de Santo André

Na próxima semana (de 12 a 16 de dezembro) faremos pela primeira vez na D.E. de Santo André a "I Semana de Boas Práticas", reunindo as diversas áreas do conhecimento, uma área por dia.

Os objetivos da exposição de boas práticas são fomentar a utilização de metodologias que priorizem o aprendizado de forma inovadora e também valorizar os professores de nossa D.E.

Esperamos muito que você possa participar, prestigiando as exposições dos colegas, e se inspirando!



Limite de vagas: 35 participantes (por ordem de inscrição)

Você pode se inscrever em um ou mais dias.

Todos os participantes serão convocados por oito horas e receberão certificados de participação.


Veja cronograma das exposições e oficinas:

DIA: 12/12/2016 - CIÊNCIAS DA NATUREZA: [1] Física Moderna e o CERN - apresentando aos alunos o maior Laboratório de Física do Mundo e suas práticas; [2] Química em sala de aula: compartilhando saberes - Ampliando o conhecimento dos alunos sobre radioatividade; [3] Oficina de Construção de Softwares Educacionais para Android.

DIA: 13/12/2016 – MATEMÁTICA: [1] Lendo por outro ângulo - Matemática aplicada no cotidiano; [2] Sempre+ (Oficina de Ensino Híbrido com o Khan Academy)

DIA: 14/12/2016 – TECNOLOGIA EDUCACIONAL: [1] Exposição dos alunos na II Mostra de Tecnologia Educacional da DER de Santo André - Desafio "App Inventor"; [2] Projeto de entrelaçamento de áreas por meio de jogos digitais feitos em “Scratch”

DIA: 15/12/2016 – LINGUAGENS: [1] Criação de Jogos Educacionais com o PowerPoint; [2] Trabalhando Bullying - Entrelaçando Matemática e Língua Portuguesa; [3] Projeto de leitura com salas de RCI; [4] Projeto Profissões - Aprendendo a argumentar e refletir tendo como foco a rotina das profissões; [5] Estações de Movimento - O tempo e espaço de lazer na escola como tempo e espaço de aprender; [6] Desenvolvimento de habilidades na participação em projetos educativos e culturais (experiência com o projeto "Era uma vez Brasil")

DIA: 16/12/2016 – CIÊNCIAS HUMANAS: [1] Brasil, Pé de Cultura (aprendendo sobre o Brasil por meio de sua cultura regional); [2] Criação de jogos com PowerPoint para todas as áreas do conhecimento; [3] Dia do Historiador (Teatro de fatos históricos); [4] Divisão do trabalho (Entendendo a lógica capitalista por meio da montagem de uma linha de produção de doces); [5] Desenvolvendo uma visão crítica da ciência por meio da Filosofia

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

A EE Profª Carlina Caçapava recebe Menção Honrosa no Concurso Travessia FEI

Clique para ampliar
O Concurso Travessia FEI 2016 está em sua oitava edição e, neste ano, contou com a participação de professora e alunos da EE Profª Carlina Caçapava de Mello. A Profª Fernanda Depizzol, da disciplina de Física, inscreveu quatro alunos na competição, Ingrid Severiano de Sousa, André Mateus, Otávio Augusto Furlan e Guilherme Neves. Na competição os alunos do Ensino Médio são desafiados a construir uma ponte de palitos de sorvete. O desafio não é tão simples assim, pois há várias especificações a serem seguidas. A ponte deve ter exatamente 1,60m de comprimento, 15cm de largura, ser feita em arco com medida pré-estabelecida e os materiais para montar os palitos podem ser apenas cola à base de PVC, barbante e clipes. Além disso, critérios como colaboração, perseverança e atendimento às regras são levados em conta. O critério mais importante é o de quantos quilogramas a ponte suporta, ou seja, um carrinho passa de um lado para outro da ponte, com cada vez mais peso. Os alunos da escola de nossa diretoria se saíram bem em relação a várias outras escolas participantes, e ainda receberam Menção Honrosa como a equipe que mais colaborou com outros projetos. Essa é uma característica bastante valorizada em qualquer projeto, seja no mundo acadêmico, seja no mundo corporativo. 
Parabenizamos a Professora Fernanda, pelo empenho em levar seus alunos para o concurso e os alunos pelo brilhantismo com que executaram a missão de construir a ponte. Aliás, a EE Profª Carlina Caçapava de Mello foi a única escola pública de Santo André a participar do concurso, que contou com apenas outra escola pública estadual da DER de Mauá. Parabenizamos também a diretora, Maria do Socorro Amorim, e o Professor Coordenador, Carlos Eduardo Marques, por todo apoio dado à professora e aos alunos.

Veja mais fotos do evento:

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Organização e padronização de aulas fazem escola de anos iniciais ter bom índice no Ideb

Clique para ampliar
Reuniões semanais para planejar as aulas. Aplicação do EMAI (Educação Matemática nos Anos Iniciais), Ler e Escrever, entre outros programas que fazem parte do Currículo do Estado de São Paulo. Disciplina e muita organização pedagógica. A mistura de todos esses “ingredientes” fez com que a E.E. Joaquim da Fonseca Saraiva, unidade de ensino de Tempo Integral voltada a alunos dos Anos Iniciais do Ensino Fundamental, atingisse percentual de 7,9 no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica).

Situada em Santo André, a escola tem em sua organização a grande chave para o sucesso do aprendizado de suas crianças. “Quando as pessoas entram em nossa escola, logo percebem que é uma unidade de ensino diferenciada”, afirma Mikiê Kimoto, diretora da E.E. Joaquim da Fonseca Saraiva. 

“Antes de aplicarmos os programas do Currículo, fazemos uma organização prévia dos materiais. Essa formação acontece durante as Aulas de Trabalho Pedagógico Coletivo (ATPCs), que são realizadas todas as semanas. Esse preparo prévio garante uma boa aplicação do conteúdo na sala de aula”, conta Ederson Igor Ribeiro, coordenador pedagógico da escola. 

Outro diferencial da unidade de ensino é a divisão de aulas dos professores. Educadores que lecionam para alunos do 1º ano, por exemplo, apenas lecionarão para esse segmento. E assim é para todos os outros quatro anos. Cada um em seu respectivo ano, mas com preparo padronizado para que as aulas sigam a mesma linha de raciocínio. “Essa escola é muito organizada. Aqui nós sabemos exatamente qual a lição que vamos trabalhar, a competência, habilidade, etc”, destaca a professora Teresinha Di Martino.

Números gerais 

São Paulo foi o primeiro Estado a ocupar o ranking dos três ciclos avaliados pelo Ideb. De acordo com os resultados, a rede estadual paulista aparece na 1ª posição na análise do 5º e 9º anos do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio.

Nos Anos Iniciais (1º ao 5º do fundamental), São Paulo ocupa a liderança isolada da faixa, passando de 5,7 em 2013 para 6,4 em 2015. A média é superior à meta estabelecida pelo Governo Federal para o ano de 2019, que é de 6,3. Nos Anos Finais (6º ao 9º do fundamental), mais uma conquista importante: os alunos da rede estadual paulista avançaram de 4,4 para 4,7.

No Ensino Médio, ciclo que reúne a maior quantidade de alunos da rede estadual e os maiores desafios dos educadores de todo mundo, São Paulo também apresentou crescimento na média. Os estudantes saíram de 3,7 para 3,9.

Veja o vídeo sobre a escola, abaixo.